Blog do Ricardo Couto» Blog Archive » Quando limpar os bicos injetores do motor?

Quando limpar os bicos injetores do motor?

Foto: Ricardo Couto/Blog AutoEstrada

Foto: Ricardo Couto/Blog AutoEstrada

É realmente necessária a limpeza dos bicos injetores dos automóveis de passeio? Muitas pessoas dizem que não. O manual do carro não cita isso, mas sempre que vamos ao mecânico e falamos sobre manutenção, como troca de velas, filtros e outros itens, eles vêm com essa história de limpeza de bico injetor, que não sai por menos de R$ 50.

Herminio Malicia

Não existe um prazo estabelecido para se fazer a limpeza dos bicos de combustível - a maioria das montadoras não prevê a manutenção preventiva desse componente. A necessidade ou não do serviço vai depender dos cuidados dados ao automóvel. Geralmente, não é preciso, desde que o dono do carro mantenha a manutenção do veículo em dia (seguindo as recomendações de fábrica) e use sempre combustível de boa qualidade.

O serviço só deve ser executado se, depois de checados todos os outros itens dos sistemas de ignição e de alimentação (como velas, cabos de velas, bomba elétrica, filtros, sistema de ignição, sensores eletrônicos etc.), o carro apresentar os seguintes sintomas: engasgos frequentes, consumo excessivo, perda de potência e dificuldade na partida a frio.

Qualidade da gasolina

As gasolinas adulterada e envelhecida - caso de pessoas que enchem o tanque a cada abastecida e rodam muito pouco com o carro - estão entre as principais causas de entupimento no sistema de alimentação. O uso frequente de produto batizado - em que o solvente é misturado ao combustível - dissolve a camada interna de borracha das mangueiras e libera resíduos que vão se alojar nos bicos injetores, obstruindo os pulverizadores.

Já a gasolina velha, que fica muito tempo parada no tanque, cria uma película de goma, que também se aloja nos bicos, e “cola” a válvula injetora, reduzindo a passagem do combustível para os cilindros. Esse tipo de problema é mais difícil de acontecer com o álcool (no caso dos carros Flex), que costuma ser batizado com água. Mas isso não quer dizer que esteja livre disso, explica o engenheiro Wilson Ferreira, da oficina Manauto, da zona oeste de São Paulo.

Em ambas as situações, os bicos deveram ser desmontados, limpos, e ter a sua vazão equalizada.

Para evitar panes desse tipo, abasteça sempre com gasolina de boa qualidade (se possível, do tipo aditivada), em postos conhecidos e de bandeiras confiáveis.

Você já enfrentou esse tipo de problema em seu carro?

Comente, conte o seu caso e dê a sua opinião…

Deixe uma resposta

You must be logged in to post a comment.