Blog do Ricardo Couto» Blog Archive » Lojas derrubam preço do usado na troca pelo novo

Lojas derrubam preço do usado na troca pelo novo

 

Feira de carros usados do Anhembi, em São Paulo (Autoshow/Divulgação)

Feira de carros usados do Anhembi, em São Paulo (Autoshow/Divulgação)

Quem tem um carro usado e quer trocá-lo por um zero-quilômetro está enfrentando uma grande dificuldade em repassar o veículo adiante. É que as cotações desses modelos estão em queda no mercado. As revendas só compram esses veículos se for para troca por um novo e mesmo assim com uma depreciação entre 30% e 40% do valor do automóvel. Só para se ter uma idéia, num carro que está avaliado em torno de R$ 20 mil, isso representa uma perda entre R$ 6 mil e R$ 8 mil. Antes da crise, os concessionários ofereciam de R$ 3 mil a R$ 4 mil a menos para o proprietário.

Essa queda na cotação se acentuou mais após o governo anunciar no dia 12 de dezembro a redução do IPI dos carros novos. Têm algumas revendas que não aceitam nem o usado como base de troca. Do jeito que está a situação, o melhor a fazer é manter o carro “velho” e esperar alguns meses até o mercado se regularizar. Com uma desvalorização dessa ninguém vai querer “queimar” seu automóvel de “graça”.

Essa situação deve perdurar até as revendas desovarem todo o seu estoque de usado e seminovo. Quando isso acontecer, elas terão de voltar a comprar esses veículos. Se eles não aceitarem o usado também não vão conseguir vender o zero-quilômetro…

Uma saída é vender o veículo para particular, que tende a pagar um pouco melhor. Ou então negociar o usado por um seminovo. Ambos estão desvalorizados e, em tese, ninguém sairia perdendo.

Qual outra alternativa você vê para essa situação de mercado?

Comente, conte o seu caso e dê a sua opinião…

Deixe uma resposta

You must be logged in to post a comment.